Notícias

CEALAG

Grupo

21 Outubro 2016
CEALAG

O que é o CEALAG: 

O Programa de Melhoria de Gestão dos Hospitais Filantrópicos é parceria da Secretaria Estadual de Saúde com a Associação Hospital Samaritano de São Paulo e o CEALAG  - Centro de Estudos Augusto Leopoldo Ayrosa Galvão - associação de direito privado, sem finalidade lucrativa, criada em 1987, qualificada como OSCIP, constituído pelos professores do  Departamento de Medicina Social da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. 

 

O objetivo do Programa é elevar o desempenho administrativo e a qualidade dos serviços prestados, dentro dos princípios e diretrizes do SUS.

 

Dentro do Programa do CEALAG, existe o curso de FORMAÇÃO DE GERENTES.

Este curso corresponde a um dos componentes de qualificação dos gerentes dos hospitais comprometidos com a proposta de Melhoria da Gestão. Além deste curso, com o seu conteúdo direcionado à capacitação e aperfeiçoamento das gerências, outros processos de capacitação voltados para diversas áreas, inclusive alguns já em trâmite (por ex.: as apresentações temáticas nos Comitês Internos de cada Hospital e no Comitê Regional) no conjunto, estarão somando-se para o mesmo resultado, qual seja, a qualificação da gestão dos Hospitais Filantrópicos participantes do Programa.

Objetivo:

Capacitar os gerentes dos vários níveis de gestão dos hospitais participantes do Programa de Melhoria da Gestão dos Hospitais Filantrópicos, visando obter melhores resultados institucionais.

Conteúdo:

Concentra-se nas atividades gerenciais como: conhecimento do território, dos produtos gerados, nas relações destes produtos com os resultados gerais dos hospitais, posicionamento estratégico com visão de futuro, na capacidade de liderar o trabalho, na busca da excelência técnica, na construção de padrões, na capacidade de auto-avaliação e no direcionamento das ações para a centralidade do usuário com incorporação de práticas de humanização no cuidado assistencial. 

Este curso pretende considerar as especificidades dos hospitais participantes quanto à diversidade de porte e de estruturas gerenciais e, por conta disso, almeja-se que tenha, voluntariamente, como produto final um Trabalho de Intervenção desenvolvido pelos alunos, com aplicabilidade prática no dia-a-dia do seu hospital, necessariamente desenvolvido junto ao Comitê de Revitalização do hospital do qual o aluno faça parte. s Filantrópicos participantes do Programa.

Capacitações e Aprimoramentos 

•1   Planejamento Estratégico    junho
•2   Política de Atenção Hospitalar no SUS  julho 
•3   Liderança e Atribuições do Gerente  agosto  
•4   Modelo de Gestão e de Atenção  setembro  
•5   Política de Humanização  outubro  
•6   Gestão de Custos   novembro 
•7   Gestão de Suprimentos  dezembro 
•8   Gestão de Pessoas  janeiro  
•9   Gestão de Processos  fevereiro  
•10 Gestão da Informação, Resultados e Indicadores  
•11 Gestão do Cuidado e Segurança do Paciente   
•12 Gestão de Equipamentos  

Autor:Nut. Viviane Silveira